Alimentos sem glúten – conheça alguns

Bem-Estar

Os alimentos glúten free designam-se assim por não conter na sua composição a proteína do glúten – proteína e não hidrato, como errada e comummente pensamos. Embora este tipo de alimento seja mais destinado a doentes celíacos (com intolerância à proteína) todos nós podemos beneficiar da sua ingestão pois é certo e sabido que o glúten em excesso causa sensação de inchaço (inflamação) e desconforto abdominal. Pelo que uma dieta livre em glúten poderá ajudar na perda de peso e consequentemente volume.

Entre os alimentos livres de glúten encontram-se: as frutas (como por exemplo: maçã, mirtilos, abacate, banana, kiwi, manga, laranja, …), os vegetais (pepino, alho, beringela, abóbora, cebola, rúcula, …), as carnes (vaca, galinha, pato, peru, porco, …), os lacticínios (ovos, queijos, leite e iogurte natural), e farináceos (arroz integral, pão integral, polenta, farinha de soja, quinoa, sementes de linhaça, …).

O glúten está essencialmente presente em alimentos como massas e pães. A sua ingestão pode ser evitada, mas não deve erradicar-se completamente, exceção, claro, para quem tem intolerância à proteína. Como em tudo, a solução passa por uma dieta equilibrada e pela escolha de opções saudáveis, sem eliminar este componente da dieta.

Curiosidade: para desportistas habituados a comer farelos, fica a nota de que o glúten está presente nestes alimentos; a aveia, por exemplo, contém uma proteína semelhante ao glúten, mas podem encontrar-se no mercado alternativas glúten free, o que acaba por ser uma opção “mais saudável” para quem escolhe comer o cereal de manhã e ao lanche.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *