Administração em spray oral ou comprimidos?

Sem categoria

A suplementação alimentar em spray tem vindo a evidenciar-se pela sua eficiência de absorção, comparativamente à ingestão dos tradicionais comprimidos ou cápsulas.
Um comprimido, no processo digestivo, está sujeito a diversos ambientes hostis com diferentes pHs (variáveis entre 1-2 no estômago e 7-7.4 no intestino) que poderão comprometer a sua absorção. Outros fatores que também podem influenciar a eficácia do comprimido são a imprevisibilidade do trânsito gastrointestinal, as enzimas digestivas e a flora intestinal.
Por sua vez, a aplicação direta em spray na cavidade oral permite uma absorção 3-10 vezes superior à absorção feita pela via gastrointestinal uma vez que proporciona condições fisiológicas mais estáveis e mais consistentes à absorção. Para além deste facto, a utilização em spray tem outras vantagens tais como a aplicação facilitada em idosos e crianças e uma maior conveniência para doentes polimedicados.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *